Bahia Norte

Bahia Norte

A Concessionária Bahia Norte (CBN) iniciou suas atividades em 29 de junho de 2010, com investimentos já implementados de 1,1 bilhão de reais para modernizar o sistema BA-093, que liga a região metropolitana de Salvador ao pólo industrial de Camaçari (umas das regiões mais ricas do Brasil), ao Porto de Aratu e também ao Aeroporto Internacional de Salvador. A concessão completa 11 anos no dia 17 agosto de 2021, contabilizando uma série de melhorias em um dos principais corredores de circulação e distribuição de produtos e serviços da Bahia. Dentre essas contribuições estruturais, estão a realização de obras, como entrega de novas vias e duplicações e a disponibilização de infraestrutura de serviços responsáveis por otimizar o fluxo de veículos na região e melhorar a mobilidade e a segurança dos usuários, desde a região metropolitana soteropolitana até os municípios do interior da Bahia.

Ainda nos primeiros anos da concessão, a CBN investiu em projetos de infraestrutura, como a restauração e duplicação de 14 quilômetros da BA-526 (CIA-Aeroporto), 25 quilômetros da BA-535 (Via Parafuso) e 14 quilômetros da BA-093. Adicionalmente, foram requalificadas as rodovias BA-512, BA-521 e BA-524 (Canal de Tráfego).

Em 25 de setembro de 2014, foi assinado o 2º Termo Aditivo ao Contrato de Concessão, com finalidade de incluir o trecho situado entre o quilômetro 18,5 da BA-526 e o quilômetro 8,5 da BA-099, com extensão de 11,20 km. Como consequência, a área de total concedida passou a ser de 132,65 km. Em decorrência dos novos investimentos, para recompor o equilíbrio econômico-financeiro de referida concessão, a vigência do Contrato de Concessão foi alterada, passando de 25 para 30 anos e encerrando-se, portanto. em 2040.

Em 2018 houve a entrega da Via Metropolitana, uma nova via expressa de 11,2km interligando os municípios de Camaçari e Lauro de Freitas (obra em que foram investidos mais de R$200 milhões). Esse trecho contribuiu para reduzir o tempo de deslocamentos dos usuários (em mais de 50%) e fluxo de veículos da Estrada do Coco, rumo ao litoral norte, especialmente durante os horários de pico.

As rodovias do sistema constituem um dos principais corredores de circulação e distribuição de produtos e serviços da Bahia, interligando o Centro Industrial de Aratu (CIA), o Polo Industrial de Camaçari, o Terminal Portuário de Aratu e o Aeroporto Internacional de Salvador.

Diversos desafios foram superados e, hoje, a melhoria na fluidez das rodovias, na segurança viária, além do desenvolvimento da região influenciada pela concessão, são os principais benefícios percebidos por todos os que circulam pelas rodovias e/ou acompanham a evolução das obras executadas pela CBN.